22 de Agosto de 2019

Dia 8 de agosto foi comemorado nacionalmente o dia de combate ao colesterol...


Dia 8 de agosto foi comemorado nacionalmente o dia de combate ao colesterol, data estabelecida pela Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), com a finalidade de conscientizar a sociedade sobre a necessidade de prevenir a doença. Neste mesmo dia, a Unimed Belém por meio do Programa Viver Bem promoveu na Estação Saúde, um evento em alusão a essa importante data.

Segundo a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, o colesterol é uma gordura necessária ao organismo, haja vista que está ligado às principais células do corpo humano. “Ele é importante para a formação de hormônios de vitamina D e até ácidos biliares, que ajudam na digestão das gorduras da alimentação”, detalha a instituição em seu site oficial.

Todavia, temos 2 tipos: o colesterol bom (HDL) e o ruim (LDL). Quando o ruim se torna maior, significa que algo está saindo do controle e problemas sérios estão prestes a surgir. O excesso dessa gordura ruim, é o que causa infarto e Acidente Vascular Cerebral (AVC), então é de suma importância que o HDL, colesterol bom, esteja com seus níveis estabilizados.

O Vice Presidente da Unimed Belém, Dr. Antônio Travessa foi o palestrante do evento e esclareceu as principais preocupações dos profissionais da saúde quando se trata do colesterol elevado. O especialista em cardiologia lembra que “o colesterol acima do nível aceitável causa acidente vascular cerebral, infarto, aneurisma, trombose artéria, entre outros problemas”.

O Nutricionista Kyldare Reis, profissional do Viver Bem, ressaltou a importância de manter uma alimentação saudável aliada a exercícios físicos diários. Ele destacou orientações valiosas de como manter a saúde em dia. Para auxiliar você a exterminar o colesterol ruim e potencializar o bom, fique atento nas principais dicas:

  • Abandone imediatamente o cigarro;
  • Escolha alimentos com baixo teor de gordura saturada;
  • Reduza o açúcar do cardápio;
  • Evite, sob todas as hipóteses, as gorduras trans;
  • Evite frituras;
  • Esqueça os embutidos;
  • Consuma mais frutas, verduras e legumes;
  • Aumente a ingestão de fibras e grãos integrais;
  • Pratique exercícios físicos com frequência;

Faça consultas periódicas com o seu médico para controlar essas e outras doenças.    

Assessoria de Comunicação e Marketing Unimed Belém

Leia também