26 de Agosto de 2019

Simpósio de Governança Corporativa apresenta novo modelo de gestão da operadora de planos de saúde


Simpósio de Governança Corporativa apresenta novo modelo de gestão da operadora de planos de saúde e promove intercâmbio com outras unidades do Brasil

GESTÃO RESPONSÁVEL

O modelo de gestão baseado na Governança Corporativa tem se firmado no mundo empresarial como a opção de excelência em administração, com resultados que refletem na qualidade de seu atendimento. Diante da responsabilidade cada vez maior de se firmar como o melhor plano de saúde da capital paraense, a Unimed Belém investe na capacitação de seu quadro de gestão.

A operadora promoveu na última quinta-feira (22), o Simpósio de Governança Corporativa, com o objetivo de compartilhar conhecimento sobre o modelo já existente nas mais bem sucedidas operadoras do país, que apresentaram no Teatro Maria Silvia Nunes, da Estação das Docas, experiências de sucesso que fidelizam cada vez mais a relação entre cooperados e clientes.

Atualmente, a Unimed Belém passa pelo processo de adequação a Resolução Normativa Nº 443, da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Trata-se da adoção de práticas mínimas de governança, com ênfase em controles internos e gestão de riscos, para fins de solvência das operadoras de plano de assistência à saúde. As normas propostas pela RN 443 serão obrigatórias até dezembro de 2022.

A Governança Corporativa baseia-se na profissionalização maciça de seus quadros de gestão, com profissionais especializados nos mais avançados modelos de administração, responsáveis por gerir setores com exatas noções de investimentos, gastos e riscos que solidificam a estrutura sustentável e atraem o corpo cooperado com resultados participativos. Estes, por sua vez, impactam diretamente na melhoria e proximidade do atendimento oferecido.

“Foi mais uma ação nossa de trazer a todos os cooperados a importância do que é a Governança Corporativa e entender o que ocorre com as outras Unimeds. Todos trouxeram suas experiências. É mais um passo importante que a Unimed Belém dá rumo à profissionalização e se posicionando nesse mercado tão competitivo. Isso nos dá credibilidade junto aos clientes”, explica o Presidente da Unimed Belém, Dr. Wilson Niwa.

Atualmente, a Unimed Belém conta 1945 cooperados, que atendem cerca de 315 mil beneficiários em uma estrutura ampla e cada vez mais moderna, contendo dois hospitais - Hospital Pediátrico da Unimed (HPU) e Hospital Geral da Unimed (HGU), três unidades de urgência e emergência, as unidades BR, Doca e Batista Campos, além de uma central de abastecimento de todos os insumos, imóveis e medicamentos que são utilizados dentro dos serviços e por seus prestadores.

Simpósio traz casos de sucesso das Unimeds

O simpósio promovido pela diretoria executiva da Unimed Belém trouxe dois ciclos de palestras, com um total de sete palestrantes e mais de 220 participantes no evento. A abertura ficou por conta do presidente Wilson Niwa. A direção executiva, composta também pelo vice-presidente Antonio Travessa, o superintendente Dr. Augusto Borborema, e o diretor financeiro, Dr. Carlos Antônio Amorim, esteve presente no evento.

A jornada de conhecimento, conforme frisa o vice presidente Antonio Travessa, tem a proposta de trazer instrução para a diretoria e as cooperativas, com a aplicação desse modelo de governança, “com foco na sustentabilidade do negócio enquanto cooperativa”. Entretanto, a implementação do modelo não é tão simples e requer compromisso com transparência e responsabilidade, características que sintetizam bem a história da Unimed Belém com seus milhares de clientes.

“É preciso estar conscientizado que o objetivo é fazer uma prestação de contas de qualidade, ter uma vigilância nos fatores de riscos nos gastos da empresa. Todas as medidas fazem com que a cooperativa se torne mais eficiente, sem perder o reconhecimento junto aos seus clientes”, explica Antônio Travessa.

TEMAS DO ENCONTRO

O primeiro palestrante foi o consultor para assuntos regulatórios na Diretoria de Regulação, Monitoramento e Serviço da Unimed do Brasil, Eraldo Ferreira Cruz. Os participantes também acompanharam o primeiro talk show com o tema “Boas Práticas de Governança Corporativa no Sistema Unimed”.

O público de cooperados assistiu ainda as palestras da dra. Selma Herculani Honorato, da Diretoria de Planejamento e Controle da Unimed Goiânia, que falou sobre boas práticas de governança e a adesão dos cooperados.

No segundo talk show, o tema foi a Governança, Acreditação e Requisitos Regulamentares, com palestra da superintendente de estratégia, governança e riscos da Central Nacional Unimed, Fabíola Grijó, que falou sobre a “RN 443 e a experiência na implantação da Governança Corporativa”.

De acordo com Dr. Valdmário, a implantação da Governança Corporativa torna, por meio das novas práticas, a empresa ainda mais potente no mercado.
"A iniciativa da Unimed Belém, em promover o debate com profissionais que conhecem e já implementaram a liderança em outras cooperativas, é muito importante para que a cooperativa seja perene por muitos e muitos anos", pontuou.

Seguiram-se a CEO e consultora do Grupo Giovanoni, Ana Giovanoni, com palestra sobre o tema “Governança Corporativa e o Programa de Acreditação de Operadoras”, e Leandro Rosa, analista sênior de sustentabilidade e desenvolvimento humano da Unimed Brasil, que falou sobre o que é o Selo Unimed de Governança e Sustentabilidade.

Assessoria de Comunicação e Marketing Unimed Belém

Leia também