03 de Maio de 2022

Stand da cooperativa foi um dos destaques do evento ao mostrar produtos e serviços ao público.


De 26 a 28 de abril, a Unimed Belém participou da 2ª Feira de Negócios do Cooperativismo Paraense. O evento, que teve a realização da Organização das Cooperativas Brasileiras do Estado do Pará (Sistema OCB/PA) e a coordenação do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Estado do Pará (Sescoop/PA), reuniu diversos segmentos de trabalho como agricultura familiar, artesanato regional, energia solar, crédito e saúde.

 

De acordo com o Dr. Antônio Travessa, diretor geral da Unimed Belém, a Feira é significativa, pois mostra que esse modelo de negócio é plural e dinâmico. Além de ser um ambiente propício para o fechamento de parcerias com outras cooperativas.

“O cooperativismo é uma via de mão dupla. A Unimed participa para mostrar seus produtos e serviços, mas, também, já estabeleceu contato com cooperativas da agricultura familiar para que estas possam oferecer produtos aos nossos hospitais, já que temos um grande consumo de alimentos para os pacientes internados nas unidades”, destaca o Dr. Travessa.  

A cooperativa médica aproveitou o espaço para trabalhar duas iniciativas: a primeira de mostrar ao público o atendimento da plataforma de telemedicina Saúde Digital, de criação própria da Unimed Belém, onde o beneficiário consegue ter consulta clínica, por videochamada, com um médico de plantão, e a segunda foi a realização de uma pesquisa para o embasamento de um novo plano Unimed.

A professora Samantha Souza passou pelo stand e teve a experiência tanto da consulta online quanto de responder o questionário sobre um possível plano com um valor mais acessível. Ela, que ainda não é cliente Unimed Belém, ficou entusiasmada e pretende aderir ao plano de saúde brevemente.

“Ter a consulta pelo Saúde Digital me chamou muita atenção. Achei prático, fácil, confortável e seguro, pois não é preciso ir até o hospital para falar com o médico e pegar receita. Por conta dessa experiência, e desse possível novo serviço que respondi na pesquisa, espero me tornar uma cliente em breve”, afirma a professora.

O presidente do sistema OCB/Sescoop, Ernandes Raiol, acredita que a Feira atingiu o seu objetivo de difundir o cooperativismo, ao reunir mais de 60 stands e mais de 100 cooperativas durante os dias de evento.

“Estamos muito felizes com o resultado geral. Conseguimos fazer com que a população entendesse o que é o cooperativismo. Acreditamos e trabalhamos nesse sentido porque sabemos que este modelo não se restringe apenas à economia, mas também ajuda o desenvolvimento do Pará como um todo. O cooperativismo profissionaliza e proporciona as pessoas terem qualidade de vida”, finaliza Ernandes Raiol.

 

 

Assessoria de comunicação e Marketing

Leia também