20 de Maio de 2022

A iniciativa reuniu cerca de 60 beneficiárias entre 59 e 70 anos.


Como parte da programação do dia de Conscientização sobre Doenças Cardiovasculares em Mulheres, celebrado em 14 de maio, a Unimed Belém realizou, na última sexta-feira, 13, no auditório da Estação Saúde, uma palestra sobre a prevenção das doenças do coração no público feminino, que contou com a participação de médicos cardiologistas e especialistas de outras áreas, como a nutrição. Cerca de 60 beneficiárias participaram do evento e puderam se conscientizar.

De acordo com o Dr. Antônio Travessa, diretor geral da Unimed Belém, a ação faz parte da vontade da cooperativa de não apenas tratar uma doença e, sim, promover a saúde. Isso ocorre a partir de momentos como esse, quando o público alvo consegue ter acesso a informações de forma didática.

“Nos últimos anos, de cada 10 infartos, seis são em mulheres. A Unimed Belém não quer tratar uma doença, ela quer empoderar as beneficiárias com conhecimento e ações preventivas. Trouxemos informações de como se atentar à pressão arterial, aos fatores identificáveis e, também, discutimos sobre a dieta necessária para essas situações. Foi tudo muito proveitoso”, garante o Dr. Antônio.

Segundo a Dra. Aline Travessa, cardiologista e diretora da Sociedade Paraense de Cardiologia, as doenças cardiovasculares em mulheres já ultrapassam as estatísticas de câncer. As cardiopatias representam 30 % das mortes de brasileiras, principalmente, para as que possuem mais de 40 anos.

“É importante ter disciplina e prioridade na vida. A mulher é multitarefas, ela cuida da família, dos afazeres no trabalho, mas às vezes acaba deixando de cuidar de si mesma. É necessário fazer atividade física, e ter uma alimentação saudável porque isso vai refletir lá na frente. Hoje, as doenças cardiovasculares matam mais que o câncer”, afirma a Dra. Aline.

Assessoria de Comunicação e Marketing

Leia também